Eventos, Tecnologia

Natal Recebe Segunda Edição da Campus Party de 16 a 18 de Agosto

Fonte: CanalTech

Demorou, mas rolou. Na noite de quinta-feira (30), o Governo do Estado do Rio Grande do Norte confirmou em parceria com a Prefeitura do Natal e da Campus Party Brasil a realização da segunda edição da Campus Party Natal. O evento retorna à capital potiguar com o tema central “Tecnologias para a Transformação” entre os dias 16 e 18 de agosto de 2019 no Centro de Convenções de Natal.

Se na primeira edição a CPNatal se concentrou em destacar as capacidades aeroespaciais da capital do Rio Grande do Norte, desta vez há uma preocupação maior com o poder transformador que um evento desse porte tem sobre a vida dos jovens. “Que a Campus desse ano seja ainda mais pujante e que possa deixar para o Rio Grande do Norte e para a nossa juventude um legado cada vez mais consistente de pesquisa, inovação e empreendedorismo”, destacou a governadora Fátima Bezerra.

A organização fala que a solenidade acontecerá em um “novo formato”, embora não especifique exatamente o que isso significa. “Ficamos muito felizes com o sucesso da primeira edição e com os legados deixados para a cidade e para o Estado. Podemos considerar que foi um casamento perfeito”, destacou Tônico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil. “Por isso queremos convocar todos os campuseros e comunidades a co-criar a #CPNatal2 conosco, empoderando cada vez mais todo o ecossistema”, completou.

Atrações já confirmadas

Embora estejamos a mais de dois meses da realização do evento, a organização já pôde confirmar pelo menos três atrações confirmadas para a #CPNatal2. A primeira delas é Juliana Vasconsellos, líder de parcerias para a América Latina do Google co mais de 17 anos de experiência no desenvolvimento de negócios, vendas e marketing digital.

Outra atração confirmada é a figura carimbada em todas as Campus Party mundo afora: Jon “Maddog” Hall. Atual presidente do Linux Professional Institute e com uma longa carreira em TI, Hall esteve presente na primeira CPNatal e falou sobre o futuro da nuvem. Ainda não há um tema definido para sua fala nesta nova edição, mas é certo que ela envolverá código aberto.

Para finalizar, também foi confirmada a participação de Cícero Moraes, 3D designer brasileiro especializado em reconstrução facial forense, projeto e confecção de próteses faciais humanas, veterinárias, planejamento de cirurgias faciais e muitas outras especialidades. Moraes também ainda não tem tema definido para sua palestra no evento.

Para fechar, a organização do evento confirmou quais áreas estarão abertas nesta segunda edição da Campus Party Natal. São elas:

  • Open Campus: área gratuita e aberta ao público, com atrações de realidade virtual e aumentada e espaços dedicados ao empreendedorismo, educação, entretenimento, drones e games.
  • Startup & Makers: espaço onde startups poderão apresentar seus projetos, além de receber mentorias e contato com potenciais investidores, aceleradoras e incubadoras.
  • Campus Future: onde projetos acadêmicos de estudantes universitários serão expostos e divulgados.
  • Espaço Educação do Futuro: reunirá desde oficinas de linguagem de programação a palestras e debates para a edução. Poderá ser frequentada por entusiastas da educação, alunos, professores e pais.
  • Gamer: reunirá desde os games do momento, até equipamentos profissionais e campeonatos amadores.
  • Maker Space: área dedicada à cultura maker, robótica educacional e fabricação digital.
  • Hacka Space: aqui serão realizados desafios e maratonas de hackathons para solucionar problemas enfrentados pela sociedade na atualidade.
  • Comunidades: espaço destinado para comunidades relacionadas aos universos do empreendedorismo, criatividade, desenvolvimento, ciência e entretenimento.

Ingressos

A previsão de início das vendas dos ingressos para a #CPNatal2 é dia 7 de junho através do site oficial da Campus Party Brasil. Os preços ainda não foram confirmados pela organização.

O site do evento também deve ir liberando aos poucos a grade de atrações para esta segunda edição da Campus Party Natal.

Uncategorized

Xiaomi Abre Primeira Loja no Brasil e Tem Gadgets Para Todos os Bolsos

A Xiaomi deixou o Brasil en 2016 e recentemente anunciou sua volta ao mercado nacional, numa parceria coma DL EletrônicosAgora, além da venda de produtos oficiais online, a marca chinesa abriu neste sábado (1º) sua primeira loja física no país, que fica no Shopping Ibirapuera, em São Paulo.

Apesar de a marca ser conhecida pelo smartphones com boas especificações e a preços acessíveis (a companhia já é a quarta do mundo em participação de mercado), a loja da Xiaomi conta com mais de cem itens. Estamos falando aqui de pulseira para medir atividade física (Mi Band), patinete elétrico, escova de dente elétrica, mochila, mala de viagem, lâmpada inteligente, e mais um monte de cacarecos.

O que chama a atenção na Mi Store, além do visual CLARAMENTE inspirado numa loja de uma empresa cujo logo é uma maçã, é que ela é democrática. Dando uma passeada, deu para ver desde produtos de R$ 25 (um fidget spinner) até uma bicicleta elétrica dobrável de R$ 9.000.

Como ocorre em outros países, a inauguração da loja em São Paulo contou com um monte de fãs da marca — a fila estava quase dobrando o quarteirão do Shopping Ibirapuera. Não só pelos produtos em si, mas também pelos preços. Na estreia, o Redmi Note 7 sai por R$ 1.299 (64 GB + 4 GB de RAM) e o Mi 9 (128 GB + 6 GB de RAM) sai por R$ 2.799, mas as unidades são limitadas. O preço normal desses aparelhos é R$ 1.699 e R$ 3.999, respectivamente.

A última vez que presenciei algo do tipo foi na abertura das lojas da Apple no Brasil que, mesmo com preços altos, sempre atraiu gente pra caramba. Com a Xiaomi e sua legião de fãs, não poderia ser diferente.

Voltando à loja, ela segue o padrão que a Apple tornou popular. Tem mesas e prateleiras de madeira por toda a parte com os produtos expostos. Vários atendentes ficam espalhados para explicar e fazer demonstrações. Algo que achei interessante é que, na seção de fones de ouvido, tem sempre uma unidade solta para teste — assim, você consegue checar na hora se o produto é bom ou não.

A empresa diz que vai vender mais de cem itens na loja física. De antemão, digo que não deu para ver tudo, mas aqui vão alguns preços de produtos que estão à venda na Mi Store de São Paulo:

SMARTPHONES
Redmi Go – R$ 799,99
Redmi 7 – R$ 1499,99 (3 GB + 32 GB)
Redmi 7 – R$ 1699,99 (3 GB + 64 GB)
Redmi Note 6 Pro – R$ 1699,99 (4 GB + 64 GB)
Redmi Note 7 – R$ 1.299 (4 GB + 64 GB) – preço promocional
Mi 8 Lite – R$ 2499,99 (4 GB + 64 GB)
Mi 8 Lite – R$ 2999,99 (6 GB + 128 GB)
Pocophone F1 – R$ 2999,99 (6 GB + 128)
Mi 9 – R$ 2799 (6 GB + 128 GB) – preço promocional

ACESSÓRIOS E OUTROS ITENS
Amazfit Pace – R$ 1299,99
Amazfit Bip – R$ 699,99
Mi Band 3 – R$ 199,99
Balança corporal – R$ 359,99
Mi Box S – R$ 649,99
Repetidor de Wi-Fi – R$ 69,99
Câmera de ação Mi Action 4K – R$ 1.199,99
Patinete elétrico M365 – R$3999,99 – autonomia de 30 km
Guarda chuva inteligente – R$199,99
Escova de dente inteligente -R$ 329,99
Powerbank 10.000 mAh Power 2qs – R$ 149,99
Mouse sem fio – R$119,99
Fone de ouvido type-C – R$ 169,99

Não consegui comparar os preços com equivalentes de outras marcas, mas uma coisa é certa: a loja da Xiaomi tem opções para tudo quanto é bolso. Se você curte minimamente gadgets e estiver pela região, vale muito dar uma volta na loja, pois no mínimo você vai achar alguma coisa que você curta ou que queira dar de presente pra alguém.

Fonte: GIZMODO