Internacional

Eleições Legislativas na Coréia do Norte

Os norte-coreanos vão às urnas neste domingo, 10, para eleições de 1 partido só, ou seja, apenas 1 ganhador possível. O candidato é designado pelo Partido dos Trabalhadores, o único autorizado no país, do líder Kim Jong-un.

A cada 5 anos, são realizadas eleições legislativas para nomear os membros da Assembleia Suprema do Povo, o Parlamento norte-coreano.

Nas últimas eleições, em 2014, o índice de participação foi de 99,97%, segundo a agência de notícias KCNA. Os eleitores que estão no exterior foram os únicos que não participaram. Os candidatos obtiveram 100% dos votos de suas respectivas circunscrições eleitorais.

O regime de Kim Jong-un usa as eleições para fazer propaganda da “unidade nacional” e dos “benefícios”de 1 sistema apresentado como “igualitário e democrático”, no qual o governo se encarrega de definir o destino de cada norte-coreano que vive no país.

A Coreia do Norte está dividida em circunscrições eleitorais. Eram 686 em 2014. Naquele ano, Kim Jong-un era candidato por Monte Paektu. Segundo a KCNA, obteve 100% dos votos com uma taxa de participação de 100%.

Fonte: Poder360