Desenvolvimento, Indústria

FIERN Realiza o 36° Seminário Motores do Desenvolvimento Para Discutir os Caminhos do Brasil e do RN

Hoje a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte – FIERN – proporcionou mais um, esse é o 36°, Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande, com o tema “Caminhos do Brasil e do RN na Gestão Pública”. Os convidados deste ano foram: O jornalista e cientista político William Waak, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e a governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). O evento reúne empresários, autoridades políticas, gestores públicos e especialistas. Na abertura, presidente da FIERN, Amaro Sales, defendeu a valorização do empreendedorismo lembrando que 97% das empresas no RN são micro e pequenas. Sales destacou a importância do diálogo entre os poderes, empresários e sociedade para minimizar o déficit previdenciário, reequilibrar as contas públicas e retomar a capacidade de investimento. Ricardo Coutinho contou para a platéia como encontrou a Paraíba, pagando “apenas” os servidores e como deixará o estado, que conseguiu aumentar a arrecadação de ICMS, passando a voltar a ter capacidade de investimento e construindo obras importantes para a população.Já William Waak defendeu que as paixões sejam deixadas de lado para solucionar a crise no Brasil, e criticou a estrutura dos partidos políticos e o sistema político do país, que segundo Waak, gera um sistema fragmentado no Congresso e que dificulta a governabilidade. Além disso, frisou o controle de gastos da máquina pública.A governadora eleita Fátima Bezerra defendeu a união entre os empresários e a sociedade, leia-se Governo do Estado, e que sua prioridade é ficar nos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal sobre o gasto com pessoal, cortar gastos e aumentar a arrecadação sem aumento de impostos. Fátima inclusive conta com a solidariedade dos demais poderes para que devolvam a sobra de cada um ao tesouro estadual para tirar o RN do descontrole que se encontra, segundo Bezerra.

Uma pergunta não quer calar: Alguém viu o governador Robinson Faria no evento, já que não houve nenhum registro nas redes sociais, nem dele e nem do Governo do Estado?