Eleições 2018, Política

Convenção Homologa Robinson Faria Para Uma Segunda Tentativa de Acerto no RN

Protesto, barulho, confusão e homologação da chapa majoritária que coloca oficialmente os nomes de Robinson Faria (PSD), Tião Couto (PR) e Geraldo Melo (PSDB) na rua.

A convenção do PSD seria no Complexo Cultural da zona norte, mas um protesto foi marcado para o mesmo lugar e horário. Segundo a assessoria do partido, o Corpo de Bombeiros não permitiu a realização na área espaçosa e reiteradamente usada, vizinha ao prédio da UERN. Transferiram para um hotel da cidade, digamos, com um controle maior de quem entra e sai.

O protesto? Ocorreu do lado de fora do hotel, inclusive com alguma confusão para tirar as pessoas de lá. Homens vestidos de preto, sem identificação, tentaram puxar e levar uma faixa de protesto pedindo pagamento de décimo terceiro e atenção para a UERN.

Fato é que agora o governador já pode dormir, porque alguém aceitou ser seu vice. Tião Couto é filiado ao PR, mas desistiu da candidatura de deputado federal por não concordar com nenhum dos nomes ao governo, inclusive falando isso em reunião aberta do PR e nas entrevistas seguintes. Milagrosamente, aos 49 minutos do segundo tempo, Robinson Faria conseguiu seu vice e Tião Couto foi convencido, pelos mistérios e forças ocultas da política, a aceitar refazer seu discurso sobre Robinson e suas decisões.

Depois da homologação o governador pode continuar voando pelo Rio Grande do Norte mostrando se tem serviços prestados e passando a saber o real tamanho da sua rejeição. São 12 partidos apoiando a reeleição do governador, que recente foi eleito em pesquisa como o pior da história do RN. Uma curiosidade: O PSD saiu do amarelo, cor símbolo de 2014, para azul em 2018. Será que quer parecer um novo governo?