Eleições 2018, Política

Prefeito de Brejinho Defende Carlos Eduardo e Desabafa: “A Violência nos Assombra”

Ao defender a pré-candidatura do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo a governador, o prefeito de Brejinho, a 56 km de Natal, João Gomes, o Joãozinho, fez um relato dramático sobre a violência que também assola toda a região Agreste. Joãozinho comandou reunião do MDB na noite de quinta-feira (27/07).

Segundo Joãozinho, a incompetência do governo atual gerou um clima de pânico no povo: “A violência nos assombra. Estamos desprotegidos. As pessoas correm pra se esconder em casa quando sabem que bandidos assaltam numa cidade, vão para outra e matam, sequestram dez quilômetros adiante e ameaçam chegar onde estamos. O comércio, que antes funcionava até às sete, oito da noite, fecha antes das cinco da tarde, temendo ataques de bandidos”.

O prefeito de Brejinho disse que somente Carlos Eduardo, “com sua capacidade comprovada em quatro gestões vitoriosas em Natal, será capaz de restabelecer a ordem não só na segurança, mas em todos os setores”. O prefeito foi enfático: “Cuidado com moda em política. Moda passa e Natal inventou uma moda que destruiu a cidade que só renasceu pelas mãos e o trabalho de Carlos Eduardo”. Ele referiu-se à gestão da capital entre 2009/2012.

Representantes de todo o Agreste prestigiaram a reunião, onde estiveram, além de Carlos Eduardo, o pré-candidato a vice-governador, publicitário Kadu Ciarlini (PP), o senador Garibaldi Filho (MDB) , pré-candidato à reeleição, prefeito de Natal, Álvaro Dias, o deputado federal e pré-candidato ao Senado, Antônio Jácome (Podemos), o senador e pré-candidato a deputado federal José Agripino (DEM), o deputado federal e pré-candidato à reeleição Walter Alves (MDB) e o deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB), em pré-campanha para o décimo mandato.