Eleições 2018, Política

Prefeito de Apodi e Seis Vereadores Anunciam Apoio a Carlos Eduardo

O prefeito de Apodi, a 365 quilômetros de Natal, Alan Silveira(MDB) e mais seis vereadores declararam apoio à pré-candidatura a governador do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT).

A decisão foi comunicada em Apodi, onde Carlos Eduardo esteve nesta quarta-feira(04/07) para reuniões e entrevistas. O grupo liderado por Alan, filho da ex-prefeita e pré-candidata à Assembleia Legislativa, Goreti Pinto.

Eleito em 2016 pela oposição com 52,58% ou 12. 623 votos, Alan Silveira derrotou Flaviano Monteiro, o então prefeito e aliado do atual governador, por maioria de 1.971 votos. Pesquisas de avaliação administrativa apontam cerca de 80% de avaliação positiva do trabalho de Alan.

O prefeito de Apodi mantém salários em dia e “mesmo sem apoio do Governo do Estado”, está avançando em setores importantes como a educação. Na semana passada, inaugurou uma escola com investimentos municipais da ordem de R$ 400 mil.

O grupo do prefeito destacou a experiência de administrador de Carlos Eduardo na Prefeitura de Natal em quatro mandatos, apresentou problemas graves como a falta de contrapartida do Estado para a manutenção do Hospital Regional, a Segurança Pública e a conservação de estradas.

O compromisso de Alan Silveira e dos vereadores foi firmado em apoio de Carlos Eduardo para manter parceria com a Prefeitura e retomar investimentos importantes, sobretudo na fruticultura, principal atividade econômica local.

O pré-candidato do PDT destacou o nível demonstrado pelo prefeito e os vereadores, além de ressaltar a liderança da ex-prefeita Goreti Pinto: “Assim se faz política. Com maturidade, debatendo problemas e apontando soluções. Vamos governar com os municípios, arrumando o caos que hoje existe no Estado para investirmos no que é fundamental”. Carlos Eduardo elogiou o trabalho de Alan Silveira, “referência para todos”, garantindo apoio caso vença as eleições.

Estiveram presentes o prefeito Alan Silveira e os vereadores Júnior Souza(MDB), Evangelista(PR), Costinha(MDB), Ângelo de Dagmar(Solidariedade), Andreazo(PSDB) e Laerte(Podemos).