Tecnologia

Capa Ninja Salva Celular da Destruição em Quedas

Quando o smartphone sofre uma queda, só dá para torcer para bichão não ficar esmigalhado. Mesmo em situações em que ele é revestido por algum tipo de case, o estrago está sempre próximo. Mas um engenheiro da Universidade de Aalen, na Alemanha, criou a capa perfeita para essas situações.

A capa ninja pensada por Philip Frenzel detecta quando está caindo e abre no ar oito molas amortecedoras. Elas criam uma distância entre o chão e a tela, aumentando consideravelmente as chances de sobrevivência do aparelho – é como se ele tivesse um airbag.

Para perceber que está sendo vencida pela gravidade, a capinha conta com sensores que disparam automaticamente as perninhas. Depois, é só recolhê-las para sejam usadas em uma próxima oportunidade. O celular vai ficar mais gordinho, mas parece valer a pena. Por conta do invento, Frenzel recebeu um prêmio da da Sociedade Alemã de Mecatrônica.

Agora, você deve estar querendo saber quando poderá comprar essa belezura. Bom, o engenheiro fez o pedido de patentes e pretende colocar o acessório no Kickstarter, o que pode ser mais um projeto interessante e bem-sucedido da plataforma de financiamento coletivo.

Fonte: UOL Tecnologia

Uncategorized

Tudo Que “Midas” Toca Vira Obra

Na falta de informações sobre quantas são, e quais são, as obras enumeradas pelo Governo do RN, ficamos observando as numerações, e a origem dos valores.

Um exemplo simples são as obras três em um, “realizadas” com a assinatura da ordem de serviço para a reforma do Teatro Alberto Maranhão, que só agora foi lembrado que precisava, e curiosamente parece que fariam as três “obras” independentemente uma da outra, o que seria de uma genialidade descomunal, já que tudo, com exceção da pinacoteca, acaba funcionando no mesmo prédio. É uma rotina da assessoria do governador apresentar obras que nem saíram do papel, ou desmembrar uma coisa em dez, ou ambas as coisas. Segue abaixo o exemplo.

Essas “obras”, como o texto demonstra, é mais uma do RN Sustentável, fechado com o Banco Mundial no Governo Rosalba. O que serviria para uma coisa ou outra com Rosalba; quando nas mãos do atual governador, hoje administrado pelo super hiper ultra secretário, Wagner Araújo, que substituiu a ex-mulher de Robinson Faria, Julianne Faria, na SETHAS, serve para tudo. O RN Sustentável, que virou Governo Cidadão, serve para tudo. Se brincar, serve até para comprar lenços umidecidos. Recursos do Banco Mundial significa dizer… Empréstimo. Alguém vai pagar essa conta, e não se sabe como, já que a atual administração já raspou o tacho do FUNFIR e antecipou royalties de 2019, tudo com autorização da Assembléia Legislativa.

Ah, as praças construídas ou reformadas mostradas esses dias? Dinheiro do Governo Federal, através do PAC das Cidades Históricas.

Eleições 2018, Política

O Desabafo do Deputado Federal Antônio Jácome

Ontem nasceu João Jácome, filho do deputado estadual Jacó Jácome e neto do deputado federal Antônio Jácome. No Instagram de Antônio Jácome, filiado ao Podemos, ele faz, primeiro observações sobre o momento do nascimento do neto, e depois um desabafo sobre questões políticas que envolve o filho Jacó, filiado ao PSD, do governador Robinson Faria. As conversas do deputado federal Antônio Jácome com o grupo que tem como pré-candidato Carlos Eduardo trouxe comentários nos bastidores e na imprensa de que o PSD não dará a legenda para Jacó Jácome tentar a reeleição. Confira o post de Antônio Jácome no Instagram dele.

20180626_14323217544947.jpg20180626_143257282111475.jpg

Eleições 2018

Flávio Rocha Diz que Empréstimo do BNDES Obedeceu “Regra do Jogo”

Flávio Rocha

O pré-candidato do PRB à Presidência, Flávio Rocha, diz que está “absolutamente descartado” o cenário em que aceitaria ser vice de outro postulante ao Palácio do Planalto. Ele afirma que a sua empresa fez “tracking internos” que apontam chance de ele ser competitivo na corrida eleitoral quando é apresentado como “Flávio da Riachuelo”, rede de lojas da sua família.

Indagado se seria contraditório defender a diminuição do tamanho do Estado e buscar empréstimos no BNDES, ele afirmou que agiu dentro das “regras do jogo”. Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, declarou que as empresas de sua família obtiveram desde 10 anos atrás cerca de R$ 1,4 bilhão em financiamentos e que as companhias pagaram quase R$ 20 bilhões de impostos nesse período.

Ele afirma ser totalmente contra a liberação das drogas. Diz que seu eventual governo não trabalhará por uma legislação mais liberal na questão do aborto nem para criminalizar a homofobia.

Ouça a entrevista a partir dos 18 minutos no áudio do Blog do Kennedy

Prefeitura

Em Natal, Prefeitura Antecipa 13º salário do Magistério Municipal

O Prefeito Álvaro Dias recebeu em audiência na manhã desta segunda-feira (25) no Palácio Felipe Camarão, a titular da Secretaria Municipal de Educação de Natal, professora Justina Iva. Na ocasião, foi autorizado o pagamento antecipado de 40% (quarenta por cento) do 13°salário aos profissionais do magistério municipal em exercício. O pagamento do benefício vai ocorrer já no dia 13 de julho.

Este pagamento é possível neste momento porque a Prefeitura do Natal se utiliza de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Fonte: SECOM

Política

E Mais da Paraíba, Governador Ricardo Coutinho Opina Sobre Possível Aliança Entre PT e PDT

Ricardo-Coutinho

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou a decisão do Partido dos Trabalhadores de conversar com o PDT de Lígia Feliciano e citou que nunca fez nada em função daquilo que o partido poderia lhe oferecer.

Ricardo afirmou que cada um sabe o que faz e disse que muita água vai rolar debaixo da ponte da política.

O governador destacou que o povo precisa julgar o comportamento dos agentes políticos e considera que política não se faz em função de chapa majoritária, mas sim levando em conta valores, lembrando que votou em Dilma Rousseff quando o PT não votava nele.

– Cada um sabe o seu caminho. Eu tomo as minhas posições, não é em função de onde eu vou ganhar mais ou menos. Cada um tem que responder perante a história e eu respondo por aquilo que acho, penso e faço. O PT já é maior de idade e sabe, ou pelo menos deveria saber, as coisas que acontecem na política e na conjuntura. Essa lógica de querer levar vantagem em tudo não cabe nesse momento – disse.

*As informações foram concedidas à Rádio Arapuan FM

*O candidato de Ricardo Coutinho é João Azevêdo, também do PSB.

Fonte: PB Online

Política

Enquanto isso, na Paraíba, Cartaxo: “A Paraíba Não Aguenta Mais Oito Anos de Mau Humor”

Cartaxo

Eu não sei se é porque está acabando o governo dele, mas a Paraíba não aguenta mais oito anos de mau-humor”. Foi o que declarou o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), sobre as críticas do governador Ricardo Coutinho referente à candidatura de Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito, ao governo do Estado nas eleições de outubro.

Segundo o governador, a análise que fez da conjuntura política da Paraíba desde o início do ano não é favorável à candidatura dos irmãos Cartaxo e que não está blefando. Disse ainda que a oposição agora se debate em uma candidatura que não tem história política.

“Quando eu disse que Luciano não seria candidato, muitos duvidaram. Quem viu as pesquisas de janeiro saberia o que iria acontecer em agosto. Luciano não tem perfil pra isso. Não é pra todo mundo ter a coragem de disputar o governo. É preciso ter história política e essa candidatura não tem nenhuma mensagem que possa renovar a política”, ironizou Ricardo Coutinho.

O prefeito não quis entrar em contenda e se limitou a dizer que era melhor falar de alegria, de entregas de obras importantes, que vão melhorar a cidade e a qualidade de vida do povo, até porque o governo de Ricardo já está finalizando.

Cartaxo também não deixou por menos ao dizer que o governador quando prefeito teve a oportunidade de revitalizar o Centro Histórico da Capital e não o fez e nesta terça-feira (26), ele fará a entrega da Vila Sanhauá.

“Ele chegou até a anunciar a obra e não conseguiu fazer, mas nem por isso a gente fica tripudiando em cima de quem teve a chance de fazer e não fez. Então, a gente tem é que olhar para o futuro. O que passou, passou, é importante e cada um fez a sua a parte, mas eu tenho certeza que nós vamos fazer mais e o que conta para nós é a opinião do povo e é isso que a gente quer para o Estado”, destacou.

Disse ainda que esse novo modelo de gestão feito em João Pessoa, de fazer política, que está sendo implementado com sucesso é o que será levado para o Estado da Paraíba.

“O povo da Paraíba vai fazer a opção por algo diferenciado, por algo novo e que realmente transforme a vida da população”, ressaltou.

Fonte: PB Online