Governo do Estado, Opinião

Sinhozinho Malta Tá Certo ou Tá Errado?

IMG_-aid2q1

Reza a lenda que um comandante do Corpo de Bombeiros resistiu ao assédio, por assim dizer, do governador do Rio Grande do Norte. O Coronel Luiz Monteiro da Silva Júnior foi exonerado no dia de hoje, dizem, por duas razões:

A primeira razão foi por ter sido solidário aos familiares do bombeiro mirim, Luan Thales da Silva, que foi baleado na cabeça ao tentar fugir de um assalto. A nota disse:

“Hoje tivemos a triste notícia de que o Bombeiro Mirim, Luan Thales foi baleado na cabeça por meliantes quando se dirigia ao Quartel da Corporação na Rua Tororós, aqui em Natal. O Corpo de Bombeiros Militar tem o programa social Bombeiro Mirim que busca salvar os jovens de 12 anos ou mais, das drogas, das ruas, da marginalização, e dar novas oportunidades de aprendizagem, transformando esses jovens em cidadãos do bem.
O Programa Bombeiro Mirim é uma iniciativa de sucesso, existindo desde o ano de 1989 e tem como objetivo orientar e instruir corretamente as crianças, além de proporcionar uma maior integração entre a corporação, a escola, a família e a comunidade. O jovem Luan Thales era um exemplo.

Até quando as pessoas de bem, serão prisioneiras do medo da violência?

Como ficam emocionalmente as pessoas que sobrevivem aos atos de VIOLÊNCIA URBANA? E os familiares daqueles que não têm a mesma sorte de sobreviverem;

Conclamamos uma união de forças e energias, em prol de um BASTA a todo e qualquer tipo de VIOLÊNCIA.

Vamos buscar um mundo melhor, mais justo, sem fome, sem violência, sem corrupção e com muito mais AMOR e SOLIDARIEDADE. Nossa solidariedade ao nosso “Gurerrerinho” e o desejo de pronta recuperação, assim como, aos que de alguma forma vêm sofrendo dos males causados pela violência. Vamos compartilhar o NOSSO REPÚDIO À VIOLÊNCIA no Rio Grande do Norte, no Brasil e no Mundo.
Coronel BM Monteiro

A segunda razão seria a ordem dada pelo governador Robinson Faria para que o Coronel Monteiro tirasse a interdição de uma casa de eventos, aos gritos, e chamando o Comandante de incompetente. A resposta teria sido que realmene ele, Cel. Monteiro, seria incompetente para contrariar as normas vigentes, colocando a segurança da população em risco e disse que o governador poderia ficar à vontade para fazer o que achasse melhor.

Pois bem, pela primeira vez os Bombeiros Militares passam pela situação de ter um Comandante exonerado sem ter outro nomeado. Robinson realmente consegue quebrar, além do Rio Grande do Norte, muitos paradigmas.

Lamentável a falta de espírito público, de cuidado com a população, de humildade, e o excesso de hipocrisia em dizer que não fala, não faz e não pensa política. A não ser que o dono da casa de show seja muito amigo do governador, aí tudo estaria explicado.

Toda solidariedade desta blogueira, assim como dos Oficiais do RN, no seu Instagram.

2018-05-15_14-17-05